PESQUISA

Participe da votação sobre os melhores canais de divulgação científica em português na internet.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

O que é gene repórter afinal?

Às vezes estamos tão mergulhados nos jargões de nossa ocupação que mal nos damos conta deles. É preciso uma voz externa a nos perguntar: "o que você disse?" para nos despertar de um certo transe ocupacional.

Por exemplo, nunca me preocupei em explicar o nome "Gene Repórter" para este blogue. Para mim, era um trocadilho mais ou menos óbvio com uma técnica da biologia molecular e o ato de reportar ou relatar fatos, ocorrências, fenômenos, etc. para quem não estava no local.

Mas várias pessoas procuram, segundo o Google Analytics delata, por "gene repórter". Sei que elas devem ficar frustradas.

Sendo bem sucinto, um gene-repórter é um gene que, na técnica de engenharia genética (como transgenia), é inserido conjuntamente com outros genes (ou sequências) de interesse. A atividade do gene repórter pode ser acompanhada mais facilmente - por exemplo, o gene da aquaporina produz uma proteína fluorescente verde (ela brilha no escuro e produz uma luz esverdeada), se esse gene é colocado junto com um outro gene A, se a célula (ou o organismo) apresentar um brilho esverdeado, então é quase certo que o gene A também estará presente. Então esse gene reporta - daí o nome - a presença de outro gene, que é o de interesse. (Não precisa ser exatamente um gene, pode ser uma sequência qualquer - por exemplo, uma que *iniba* a atividade de outro gene.) Aqui tem um vídeo com mais detalhes da técnica.

O scibling (agora acho que posso chamá-lo de scibling) Igor Zolnerkevic (do Universo Físico) quem me chamou a atenção. Ele é divulgador de ciências, mas só foi saber o que era gene-repórter quando fez uma reportagem sobre a bioluminescência do Phrixothrix hirtus - seu gene de luciferina leva à produção de um brilho avermelhado e pode ser utilizado nas pesquisas sobre câncer (leia a reportagem aqui - só uma picuinha da patrulha purista vocabular, lagarta é o nome da larva de lepidópteros - mariposas e borboletas -, o P. hirtus é um coleóptero - besouro vagalume fengodídeo). Claro, ele é físico de formação. Eu certamente ignoro um monte de nome de fenômenos, técnicas e efeitos da física (e de química, da história, da farmacêutica, da geologia, da geografia, da sociologia, da matemática... e mesmo de várias áreas da biologia).

Pronto, aos paraquedistas que contribuem involuntariamente com a audiência deste blogue, espero ter pagado minha dívida.

Isso explicado o leitor notará que o que menos se fala neste blogue é de genes e, somado ao fato de eu não ser jornalista, o nome "Gene Repórter" pode soar enganoso. Minhas desculpas por isso também.

11 comentários:

LUIZ CALDEIRA disse...

Takata! Achei a indicação de seu blog no 'ciência na mídia' da Tati Nahas. Vou navegar com mais calma mas, pelo que li rapidamente, me parece bem interessante e - como já era de se esperar de algo seu - muito criterioso bem organizado. Vamos ver se me animo e crio o meu!
Abs,
Luiz Caldeira (o Japonês do IB)

none disse...

Salve, Luiz,

Tá por onde?

'Teje' convocado a criar um blogue.

Por favor, fique à vontade para criticar tb.

Valeu pela visita.

[]s,

Roberto Takata

LUIZ CALDEIRA disse...

Estou em Santa Maria/RS na Universidade federal da cidade. Cheguei há um ano e as mudanças são grandes... mas tá rolando, a infra é boa e dá boas condições de trabalho.
Sobre o blogue (assim com UE, em português) quero montar algo relacionado ao ensino de ciências/bio, envolver meus alunos. Vamos ver se esse ano sai!
Já o Gene Repórter é referência, página inicial do meu navegador!
Abs
Luiz

none disse...

Muito legal, Luiz,

De Santa Maria sei que tem alguns achados paleontológicos importantes.

Blogue de educação, muito bom. Esta é ainda uma ferramenta que precisa de um bom estudo sobre o que funciona ou não tanto em práticas educacionais quanto de divulgação (no caso, de ciências). Vai ser importante vc acompanhar o resultado.

Agora isso de referência, que wilson, tem blogue muito melhor que este aqui. Como o da Tati.

E não esqueça de avisar a gente qdo implementar o blogue.

[]s,

Roberto Takata

Viajens do Heitor (teorias) disse...

Takata, conheci o teu trabalho a partir do canal do pirula. Estava pensando esses dias, sobre a população do Brasil e imaginando uma maneira de como erradicar a nossa maneira de pensar natural contraventora. Voce sabe se há indicios nos paises onde a cidadania é replicada para as crianças se esse pensamento é combatido. Pensei em fazer essa pesquisa em periferias de cidades grandes. Sera que esse é um ponto chave para o crescimento de gerações menos corruptas?

none disse...

Caro Heitor,

Obrigado pela visita e comentário.

Não sei indicar nenhum trabalho a respeito de uma educação anticorrupção.

Achei este artigo (mas não li e não sei se compensa pagar para obter uma cópia - talvez pedindo para o autor):

http://search.informit.com.au/documentSummary;dn=600731123780099;res=IELBUS
----------------

Mas parece ser uma linha de pesquisa interessante a que você propõe.

[]s,

Roberto Takata

LUIZ CALDEIRA disse...

Caros Heitor e Takata,

tb desconheço qq pesquisa - ou mesmo bons textos - a respeito da relação educação-corrupção, com dados empíricos. Apenas retórica.
O texto a seguir, apesar da fonte polêmica, é bem escrito e interessante.

http://www.schwartzman.org.br/sitesimon/?p=5381&lang=pt-br&utm_source=Postagens+do+Site+de+Simon+Schwartzman&utm_campaign=9849aa5648-RSS_EMAIL_CAMPAIGN&utm_medium=email&utm_term=0_59d32ffe8f-9849aa5648-31549845

Abs
Luiz

none disse...

Valeu, Luiz.

[]s,

Roberto Takata

Rafael Guimarães disse...

Obrigado pelo post. Dentre os que busqueina internet foi o mais didatico e esclarecedor. Tava aqui estudando fisiologia vegetal e de vez em quando me deparava com esse termo que ficava bem vago de significado. Parabéns pelo blog.

Rafael Guimarães disse...

Obrigado pelo post. Dentre os que busqueina internet foi o mais didatico e esclarecedor. Tava aqui estudando fisiologia vegetal e de vez em quando me deparava com esse termo que ficava bem vago de significado. Parabéns pelo blog.

none disse...

Guimarães,

Opa, que bom que a postagem serviu pra alguma coisa. : )

Valeu pela visita e bons estudos.

[]s,

Roberto Takata

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails