PESQUISA

Participe da votação sobre os melhores canais de divulgação científica em português na internet.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Mais uma... ou melhor (ou pior) menos uma: RIP Unesp Ciência? - A reposta

Em função dos rumores do fim da revista Unesp Ciência, entrei em contato com a Assessoria de Comunicação e Imprensa da Unesp. Abaixo seguem as respostas gentilmente enviadas por email pelo Prof. Dr. Oscar Alejandro Fabian d'Ambrosio, assessor-chefe da ACI-Reitoria da Unesp.

-------------------
A Revista Unesp Ciência não vai acabar. Pelo contrário, a publicação manterá o nome, mas será sim reformulada a partir de março. Isso significa que será um novo produto, nem pior ou melhor, categorias simplistas, mas diferente. A redução de três jornalistas da equipe dá-se no contexto do momento orçamentário e financeiro das universidades estaduais paulistas. Manter a qualidade da Revista Unesp Ciência é um compromisso, mas dentro de um novo projeto, aprimorando virtudes e tendo como meta uma maior proximidade com o público interno, sem se afastar do externo, além de uma nova página na internet e de um projeto de ação para mídias sociais, algo inexistente até o momento.

A migração progressiva do papel para online se dá no espírito de maior respeito ao meio ambiente, com a redução do corte de árvores, e do desenvolvimento de uma atuação maior nas mídias sociais. De agosto de 2014 a janeiro de 2015, essa nova política gerou, nos veículos oficiais da Reitoria, métricas com aumentos da presença da instituição da ordem de 35% no facebook; 70,4% no Instagram; e 15,4% no Twitter. 

Os profissionais responsáveis pelo novo projeto gráfico são Ricardo Miura e Andrea Cardoso, ambos da equipe anterior. Os jornalistas que passam a escrever e a fotografar para a publicação têm ampla experiência em divulgação cientifica e em universidade pública. Além disso, haverá maior participação de assessores de imprensa das diferentes unidades, da universidade, assim como de seus institutos e núcleos localizados nas 24 cidades que integram a Unesp.

As decisões editoriais (pautas, abordagens) mantêm plena autonomia, mas passarão a ter maior interação aos outros produtos da Assessoria de Comunicação e Imprensa da Unesp, a saber Portal Unesp, Jornal Unesp, Podcast Unesp, Minuto Unesp e Mídias Sociais, todos alinhados a Política de Comunicação Social da Universidade, a ser votada em breve pelo Conselho Universitário, órgão máximo da instituição (aliás esta, creio, seria uma ótima pauta para vocês! Avalie).

Sobre a distribuição da revista para a rede pública, ela era encaminhada aos diretores das escolas de ensino médio, já que seria impossível, pela tiragem necessária atender todos os alunos de ensino médio do Estado de São Paulo. A progressiva migração do papel para o online inclui uma campanha junto aos mencionados diretores de como a revista, ao ser bem divulgada pela Unesp e por eles, na internet, tem o potencial de atingir mais leitores e com maior interação do que uma publicação impressa.

Espero ter atendido as suas indagações e fico à disposição se não fui claro em alguma reposta.
-------------------

2 comentários:

Roberto Berlinck disse...

Takata,

Estou terminando estágio sabático nos EUA, Universidade de Michigan. Aqui eles editam dois jornais em papel. Além disso, têm uma divulgação pela internet extremamente agressiva. Ninguém reclama.

Abraço,
R Berlinck

none disse...

Berlinck,

Valeu pela visita e comentário.

É, aqui, com honrosas exceções (como no caso da Pesquisa Fapesp, Unesp Ciência, Minas Faz Ciência e alguns outros) a oferta é bem mais minguada.

E com essa crise orçamentária e econômica a perspectiva de médio prazo não parece muito bonita.

[]s,

Roberto Takata

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails