PESQUISA

Participe da votação sobre os melhores canais de divulgação científica em português na internet.

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Como é que é? - An American Horror Stats Story: Filmes de terror são negligenciados no Oscar?

Em um texto muito interessante da jornalista Cristina Castro (que, embora não seja especializada em crítica de cinema é uma entusiasta da sétima arte e sempre faz um apanhado dos filmes a que assistiu que concorrem ao Academy Awards do ano) sobre o filme "Corra!" ("Get Out" - 2017) de Jordan Pelee, menciona-se o fato de muito poucos filmes do gênero de terror terem sido prestigiados pela Academia Americana do Cinema - de fato, ao longo das 89 edições anteriores, em uma única vez um filme que podemos classificar de terror levou a estatueta de melhor filme: "O Silêncio dos Inocentes" ("The Silence of the Lambs" - 1991) de Jonathan Demme, e umas esparsas indicações de outros, que a autora colige no texto.

Mas seria mesmo apenas um tipo de menoscabo com o gênero, relegado de antemão a um tipo menor de cinema? Instigado por isso (e por uma discussão com outra pessoa que não convém detalhar) fiz um rápido teste.

Usando os dados disponíveis no IMDb, talvez o principal repositório de informações sobre obras audiovisuais na internet, montei uma tabela com as notas atribuídas pelos usuários do site para filmes de uma amostra aleatória de obras do terror e do drama (restringi o levantamento para filmes produzidos nos EUA entre jan.2001 e fev.2018). O resultado está na tabela abaixo.



A nota média para os 20 filmes de terror da amostra foi de 4,985 pontos (de 1 a 10) com desvio padrão de 1,208; para os de drama: 6,77(±1,327). Se considerarmos uma nota de 9 pontos como critério de corte para ser premiável, 4,64% dos filmes de drama atenderiam à especificação, enquanto apenas 0,04% dos de terror obteriam notas 9 ou maior. Ou seja, as chances de um filme de drama ter qualidade suficiente para ser cogitado para melhor filme são cerca de 104 vezes maiores do que as de um filme de horror. Como vamos para a 90a, premiação do Oscar e um filme de terror foi premiado, não parece que está tão estatisticamente fora.*

Claro que é uma análise limitada por uma série de motivos. Tamanho amostral, se a classificação do IMDb reflete as considerações da Academia (que leva em conta também questões comerciais), a janela temporal considerada, se a distribuição é normal como assumida, etc. De todo modo, fica aqui como um teste de princípio para averiguação a respeito das tendências dos jurados e eventuais preconceitos próprios quanto a gêneros de obras cinematográficas.

Um levantamento mais sistemático e envolvendo mais gêneros foi feito em 2013 por Catherine Rampell (em colaboração com Kiran Bhattaram) usando dados do Rotten Tomatoes. O gênero de horror também recebeu qualificações menores (e as qualificações médias por gênero correlacionaram-se com as bilheterias).

----------------
Upideite(27/fev/2018): Se considerarmos a menor nota no IMDb para um filme premiado no Oscar desde 2001: 7,2 - as chances de um filme de drama são 11 vezes maiores. Considerando a média de 7,97, as chances de um filme de drama são 27 vezes maiores.

Upideite(27/fev/2018): Na figura 1, a distribuição das notas dos filmes por gênero.
Figura 1. Distribuição de notas dos filmes americanos produzidos entre janeiro de 2001 e fevereiro de 2018 por gênero. Fonte: IMDb.

Para notas de 8 ou mais (8+), há 16,7 filmes de drama para cada filme de terror. 1,76% dos filmes de terror obtém notas 8+, enquanto que 12,25% dos filmes de drama obtém essas notas.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails