PESQUISA

Participe da votação sobre os melhores canais de divulgação científica em português na internet.

domingo, 25 de setembro de 2016

Divagação científica - divulgando ciências cientificamente 26

Abaixo, minhas anotações sobre o efeito do assombro (awe) na apresentação de fatos científicos conforme o trabalho de Valdesolo e cols..
----------------------
Valdesolo, P. et al. 2016. Awe and scientific explanation. Emotion. DOI: 10.1037/emo0000213.

Estudo 1. Efeito do assombro e teísmo sobre a crença na ciência.
158 (127 com resultados finais válidos) alunos de graduação (97 do sexo feminino, 19,66 anos de idade média).
.Testes por meio de computador em troca de crédito acadêmico.
.Respostas a 7 questões sobre religiosidade e crença no sobrenatural, incluindo um sobre o grau de teísmo (escala de 6 pontos de 1 "ateu convicto" a 6 "crente convicto"):  Sem diferença entre os grupos - M_awe = 3,38±1,29; M_amuse = 3,51±1,35; M_neut = 3,73±1,3; F(2,124) = 0,763; correlação entre nível de religiosidade e crença nas ciências r(127) = -0,46, p<0 p="">.Visualização a um de três tipos de vídeos sobre natureza: neutro, indutor de assombro, indutor de diversão.
.Respostas a 10 questões sobre crença epistemológica a respeito de as ciências serem "um guia superior, ou até exclusivo, para a realidade e possuindo um valor único e central" (escala de 6 pontos de 1 "discorda fortemente" a 6 "concorda fortemente": e.g. "Podemos acreditar racionalmente apenas no que pode ser demonstrado cientificamente" ["We can only rationally believe in what is scientifically provable"]): Sem diferença entre grupos (em relação às médias das respostas dos grupos) - (M_awe = 3,56±1,13; M_amuse = 3,65±0,88; M_neut = 3,65±0,79; F = 0,126. Padronizando o índices de religiosidade pela média e atribuindo os valores 2 (assombro), -1 (neutro) e -1 (diversão) para as condições; não houve efeito da condição, houve efeito da religiosidade (b = -0,332, β = -0,467, p < 0,001) e houve interação entre religiosidade e condição (b = -0,116, β = -0,224, p = 0,005, IC 95%  = [-0,196, -0,037]) - a inclinação da curva de regressão a +/- 1 DP mostra que os teístas apresentaram a menor crença em ciências na condição de assombro (b = -0,221, β = -0,329, p = 0,005, IC 95% = [-0,373, -0,069]), entre os não-teístas não houve efeito da condição.
Resopstas a 8 questões de conferência de manipulação da emoção (escala de 7 pontos de 1 "nem um pouco" a 7 "extremamente").

Estudo 2. Efeito do assombro e do teísmo sobre a crença na ordem científica (scientific order).
413 (364 respostas válidas) participantes (221 mulheres, 35,6 anos de idade média) por meio do serviço Amazon Mechanical Turk em troca de 1 USD pela participação.
.Mesmo procedimento do estudo 1 com substituição do índice de crença nas ciências por crença na ordem científica: escala de 1 ('nem um pouco provável') a 6 ('extremamente provável') para as questões: "os eventos que ocorrem no mundo podem ser totalmente explicados pelas ciências", "os princípios das ciências conferem ordem e previsibilidade ao mundo", "o curso da evolução segue certos caminhos, não é o resultado apenas de processos aleatórios";
.Não houve diferenças significativas nos índices de crença em ordem científica entre as condições: M_awe = 4,09±1,36; M_amuse = 4,13±1,22; M_neut = 4,22±1,19; F = 0,344.
.Não houve efeito da condição; houve efeito da religiosidade (b = -0,401, β = -0,532, p < 0,001); e houve interação entre religiosidade e condição (b = -0,055, β = -0,104, p = 0,019, IC 95% = [-0,102, -0,009]); teístas (com índice 1DP acima da média do índice de religiosidade) apresentaram uma menor crença na ordem científica na condição de assombro (b = -0,122, β = -0,109, p = 0,05, IC 95% = [-0,218, 0,00]); não houve efeito da condição entre não-teístas (1 SD abaixo da média no índice de religiosidade).

Estudo 3. Efeito do assombro sobre atitude em relação a teorias científicas explicitamente enquadradas sob ordem ou aleatoriedade.
.161 (137 respostas válidas) participantes (81 mulheres, idade média de 37,5 anos) por meio do serviço  Amazon Mechanical Turk em troca de 1 USD por participação.
.Mesmo procedimento do estudo 1, exceto pela substituição do teste sobre crença em ciências por perguntas relacionadas a uma teoria 1 (enfatizando o papel da aleatoriedade e imprevisibilidade) e a uma teoria 2 (enfatizando o papel da ordem e da estrutura): os participantes deveriam dizer qual fornecia "a melhor explicação para a origem da vida neste planeta", e outra pergunta (em escala de 1 "nem um pouco" a 7 "extremamente") sobre qual das duas se ajusta melhor à visão do participante sobre a origem da vida. Não houve efeito da condição; houve efeito da religiosidade ((b = 0,510, OR = 1,665, p < 0,001); e houve interação entre religiosidade e condição (χ2 (1.133) = 4,544, p = 0,03); o assombro aumentou a preferência dos não-teístas para a explicação enfatizando a ordem, mas não teve efeito sobre os teístas; não-teístas apresentaram uma maior pontuação no ajuste da teoria 2 a suas visões na condição de assombro em relação às condições controle (b = 1,083, β = 0,332, p = 0,004); entre os teístas não houve diferenças significativas.
----------------------

A caracterização da teoria da evolução por Valdesolo e cols. de uma que enfatiza o papel do acaso é estranha - a seleção natural é uma causa da adaptação, não é algo ao acaso. De todo modo, isso não (aparentemente) afeta os resultados obtidos.

ht @Carlos Orsi fb

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails