PESQUISA

Participe da votação sobre os melhores canais de divulgação científica em português na internet.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Um ano atribulado: retrospectiva da DC no Brasil #AmigoCientista

Vários youtubeiros de ciências se reuniram em uma brincadeira de amigo secreto e o Gene Repórter entrou nessa. Epa! Mas o GR não é vlog... TLDR: Não importa. Entramos de café com leite.

O presente é fazermos um conteúdo (vídeo para a maioria, uma postagem aqui do penetra) relacionado com o canal que tiramos no sorteio para o público tentar adivinhar quem é o presenteado. Então lá vai, quem foi que tirei?

--------------------------
*Meu amigo secreto ou minha amiga secreta participou ativamente de pelo menos um dos eventos abaixo.

O ano de 2018 foi terrível para as ciências no Brasil. Mais cortes e mais drásticos no financiamento, o anunciado incêndio do Museu Nacional com uma perda irreparável de material científico e histórico, o fim (ou ameaça de fechamento) de várias outras instituições científicas importantes (a extinção da Fundação Zoobotânica do RS está suspensa pela Justiça, mas não foi afastada de vez; também está suspenso o leilão do terreno do Planetário do Rio de Janeiro). E há um prenúncio para um ano ainda pior para 2019.

Mas quero falar de algumas coisas que podemos salvar desse desastre - como o crânio da Luzia, o meteorito Angra dos Reis e alguns outros artefatos que sobreviveram (ainda que com eventuais danos) sob os escombros do MN. Tivemos 3 eventos de divulgação científica de destaque: o Conhecer: 1o Encontro de Divulgação Científica, em 19 de maio, em São Paulo, organizado pelo pessoal do Dispersciência, que reuniu centenas de divulgadores científicos em apresentações flash e collabs; o Conhecer Eleições 2018, em 29 de julho, em São Paulo, organizado também pelo Dispersciência em conjunto com os Science Vlogs Brasil e HuffPost Brasil, em que representantes de pré-candidatos e mesmo os próprios pré-candidatos puderam apresentar seus diagnósticos e propostas para a ciência brasileira em sabatina com divulgadores, cientistas e jornalistas; e o Camp do Serrapilheira para projetos de divulgação científica, em que cerca de 850 propostas de todo o Brasil foram apresentadas e, dentre os 50 inicialmente selecionados para o Camp, 12 foram contempladas com grants de até R$ 100 mil cada (fico particularmente feliz por vários amigos meus terem emplacados seus projetos e, mais do que isso, no conjunto serem trabalhos com um potencial muito grande para avançar ainda mais a DC no país).

*Minha amiga ou meu amigo oculto tem um canal de menos de 5 anos.

Grandes eventos já estabelecidos também ocorreram: a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que chegou à 15a edição, e o Pint of Science Brasil, em sua 4a edição. Consolidação de várias outras iniciativas: o Chopp comCiência, já firme em sua base de Campinas, lançou spin-offs no Rio de Janeiro e em BH; o USP Talks chegou ao 25o encontro, e (o que me toca particularmente) a Rede de Blogs de Ciência da Unicamp foi oficialmente instituída por portaria da Reitoria da universidade (o projeto existe desde 2015). E também comemoraram-se os 70 anos da SBPC. E a volta dos que não foram, como o relançamento (em versão digital) do Ciência Hoje das Crianças.

Novas iniciativas e projetos foram lançados como Pergunte a um(a) Cientista, do Via Saber, levando pesquisadores às ruas para conversar com as pessoas; diversos canais: Nunca Vi um Cientista, Via Saber, DivulgaMicro, 37Graus, podcast do Ciência USP... E dois que destacaria: a Rede Brasileira de Jornalistas e Comunicadores de Ciência (em processo de institucionalização, mas já existente de fato), uma associação de divulgadores científicos (ocupando o espaço deixado pelas finadas ABJC e Abradic) e o Instituto Questão de Ciência, que tem por objetivo promover o uso de conhecimento científico na formulação de políticas públicas. Dentro do espírito da atuação política mais ativa, vários cientistas e acadêmicos se lançaram candidatos (mas acho que nenhum se elegeu).

Novos cursos de divulgação científica também vêm sendo abertos como o do LAbI/UFSCar: Especialização em Divulgação da C&T e Promoção da Cultura Científica (que se junta a outros já tradicionais de especialização como da Fiocruz e do Labjor); do IQ/USP, com o Prof. Carlos Hotta: Divulgação Científica na Internet; e um aberto Introdução à Divulgação Científica, da Fiocruz Campus Virtual e INCT/CPCT, com as profas. Luiza Massarani e Catarina Chagas. Além de concursos, como o  LIGAndo a Ciência: 1o Concurso Nacional de Divulgação Científica, do pessoal da Liga Nacional de Divulgação Científica (há outros tradicionais como o Science Slam Brasil, organizado pela Euraxess Brasil, e o FameLab Brasil, organizado pelo BritishCouncil).

*Meu amigo ou amiga invisível (e seus comparsas de canal) usa nome artístico.

Enfim, foi um ano movimentado - apesar de as atividades aqui no GR terem diminuído, mas isso, em parte, foi exatamente pela movimentação no cenário geral (p.e. ajudei - ou atrapalhei? - na organização do Pint em Campinas) - para a divulgação científica no Brasil. Velhos projetos retomando o fôlego, novos se consolidando e sendo abertos; de iniciativa individual ou institucional, vinculada à academia ou a empresas. Em parte essa agitação parece ser reflexo exatamente dos terríveis golpes sofridos pela ciência - a necessidade de explicar ainda mais à população a importância das ciências e, por isso, de recompor os níveis de financiamento da pesquisa.

*O símbolo do canal é um capítulo de Taraxacum officinale estilizado com suas cipselas se espalhando a partir de órbitas eletrônicas de um átomo de Bohr também estilizado.

--------------------------


E, então, adivinhou quem eu tirei? E, na sua visão, quais os eventos e fatos mais marcantes das ciências e da DC no Brasil e no mundo? (Não, o filme do Aquaman não conta.)

Veja também quem me tirou e o que eles aprontaram.

-------------
Os canais participantes do Amigo Cientistas são:
A Matemaníaca - Genética ou Matemática? Sim.
Arqueologia Egípcia - Escaravelhos Carnívoros no Egito Antigo?
BláBlálogia/Há ideia 3 - A Física da Evolução
Café e Ciência - Linha de Gelo
Canal Cura Quântica - Jogaram Elementos Radioativos na sua Água (e Isso É Bom)
Delta T - Os Superlentos - Aedes aegypti em Super Câmera Lenta
Dispersciência - Como os Astros Podem Ter Influência na sua Vida
Dragões de Garagem/Notícias da Garagem - Natureza e Beleza
Olá, Ciência! - Qual a Importância das Mulheres na História da Computação?
Papo de Primata - Animais Pequenos Enxergam em Câmera Lenta!
Peixe Babel - A Computação Imita a Vida
Terra Negra

Veja a playlist.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails