PESQUISA

Participe da votação sobre os melhores canais de divulgação científica em português na internet.

quarta-feira, 2 de março de 2016

Microcefalia e zika: batendo o martelo para a relação causal

O grupo do biólogo Stevens Rehen praticamente encerrou a discussão a respeito da relação causal entre o surto de microcefalia e o ZIKV.

Ainda é um preprint* - para publicação oficial afalta passar pelo processo editorial de revisão por outros especialistas -, mas os experimentos com os mini-cérebros renderamu.


Quando infectadas por ZIKV, as células-tronco neurais do sistema são afetadas: sua viabilidade é reduzida, assim como seu crescimento - e o desenvolvimento do organóide é prejudicado.

A menos que haja algum erro na metodologia - o que não é impossível, porém parece-me muito improvável -, é o cano fumegante que faltava.

A equipa agora prepara testes com outras linhagens de ZIKV para saber se alguma mutação nova foi a responsável pelo efeito.


Upideite(04/mar/2016): Acaba de ser publicado estudo de um grupo americano de cientistas na Cell Stem Cell (submetido dia 24.fev) que traz confirmação independente da ação do ZIKV no sistema nervoso fetal. Cultura de células progenitoras humanas de neurônios corticais infectada por ZIKV apresentaram uma redução de cerca de 30% no número de células viáveis (num intervalo de cerca de 3 dias) em comparação com o controle.

A linhagem de ZIKV utilizada é diferente da usada pelo grupo de Rehen. No estudo do grupo carioca, a linhagem utilizada é a circulante no Brasil; a linhagem usada pelo grupo americano foi isolada antes da epidemia corrente.

Foi detectada também uma capacidade infecciosa do ZIKV diferente para diferentes linhagens celulares testadas. Células progenitoras neurais humanas são altamente susceptíveis (mais de 2/3 das células são infectadas em 3 dias), células renais embrionárias humanas são bem menos susceptíveis (menos de 10% são infectadas em 3 dias).

ht @matthewshirts

*Upideite(11/abr/2016): O artigo da equipa de Stevens Rehen foi oficialmente publicado como artigo na Science.

Upideite(15/abr/2016): Em 31.mar, a OMS falava de consenso científico em relação ao ZIKV causar microcefalia: "Based on observational, cohort and case-control studies there is strong scientific consensus that Zika virus is a cause of GBS, microcephaly and other neurological disorders.". Em 13.abr a CDC também chegou à conclusão pela relação causal entre ZIKV e microcefalia.

Upideite(13/mai/2016): Grupo da USP infectou camundongas grávidas com ZIKVBR (linhagem circulando no Brasil), os fetos desenvolveram-se com sinais de microcefalia e outros defeitos congênitos (fetos de camundongas controle desenvolveram-se normalmente). Em experimento in vitro com cultura de tecidos e neurosferas (similar ao experimento do grupo de Rehen), houve redução da zona proliferativa e disrupção das camadas corticais quando infectadas por ZIKVBR e ZIKVAF (extraído de agente zoonótico relacionado a primatas africanos). Os efeitos do ZIKVBR foram mais pronunciados do que de ZIKVAF nas células neurais.

Um grupo chinês usou a linhagem circulando atualmente na Ásia: ZIKV SZ01 também obtendo microcefalia em comundongos pela infecção e destruição de células progenitoras de neurônios.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails