PESQUISA

Participe da votação sobre os melhores canais de divulgação científica em português na internet.

domingo, 10 de abril de 2011

Pequeno mistério estatístico em BH - 2

Aqui vai a minha tentativa de justificação para sustentar a minha conclusão inicial sobre sistemas de vendas de pães em Belo Horizonte e me isentar de uma eventual acusação de generalização apressada.

No twitter e nos comentários da postagem anterior, alguns mineiros confirmaram que a maioria das padarias belorizontinas (e talvez mineiras em geral) devem adotar o sistema de autoatendimento.

Claro, poderão dizer que o acerto foi por mero chute. Sustento que não.

Sim, o tamanho amostral é pequeno, mas chamemos à baila outro lugar-comum estatístico: a colherada de sopa. Podemos determinar se a sopa está com a quantidade certa de sal sem precisá-la tomá-la inteira ou provar mais do que uma colher. A questão aqui é a homogeneidade da amostra.

Dado que tenhamos misturado bem a sopa, o sal deve estar homogeneamente distribuído e não deve haver grande variação entre as amostras.

E no caso das padarias? Se fosse pela cor com que o estabelecimento é pintado, a variação esperada certamente seria grande e eu estaria sendo precipitado em concluir que todas as padarias eram vermelhas se, após visitar somente duas delas, notasse que ambas eram dessa cor. E o sistema de vendas? Estaria mais para o caso das cores ou da salinidade da sopa?

Há três linhas que considerei. Uma é que a venda de alimentos é um dos pontos mais altamente regulados, por razões óbvias: afinal a questão da segurança alimentar e da economia popular são pontos básicos da estabilidade de uma comunidade. Outra é que empreendimentos comerciais normalmente formam carteis (mesmo contra a lei) ou praticam alguma forma de regulação em comum (não necessariamente ilegais): p.e. tabelando preços. A terceira é que uma prática (especialmente uma exitosa ou pioneira) rapidamente se dissemina entre a concorrência: a maioria das marcas de amido de milho oferecem o produto em caixa e de cor amarela com letras grandes negras porque a marca pioneira (a Maizena) estabeleceu esse formato, isto é, moda também tem grande influência nas atividades econômicas.

Não sei se as leis mineiras ou belorizontinas regulam o sistema de vendas de pães, possivelmente não (Samir Elian relata a venda de pães por manipulação exclusiva do balconista em uma padaria de Sete Lagoas). Não sei também se existe algum acordo informal a respeito ou como a moda teria atuado (se atuou) no caso. De todo modo, o sistema de vendas de pães é algo que parece bastante provável de apresentar homogeneidade.

Considerando-se, então, os depoimentos dos mineiros, podemos dizer que a posteriori minha suposição a priori foi justificada.

Essa volta toda é para nos trazer ao ponto em que toda análise estatística vai depender das suposição que fazemos a respeito do sistema em análise. Isso vai influenciar a modelagem do comportamento dos dados e, assim, a validade ou não dos modelos estatísticos aplicados. Se a variável tem ou não distribuição normal, isso irá dizer se podemos ou não aplicar um teste estatístico que assume a distribuição normal dos dados.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails