SOS - ESPÍRITO SANTO

Como ajudar as vítimas da enchente no Espírito Santo.

quarta-feira, 25 de março de 2009

Ruth de Aquino responde 3

Mais uma resposta. Primeiro o comentário de um dos leitores:
Thiago Mello | DF / Brasília | 25/03/2009 17:24
Pessima Matéria Ruth.
Pessima não é a materia em si. Mas a falta de profissionalismo de Ruth, ao tentar distorcer ou omitir os verdadeiros motivos das pesquisas em função de convicções pessoais. --Tudo bem que a matéria foi apresentada num tom debochado e sarcástico-- Entretanto a ciência necessita de pesquisas em todas as frontes, área, e vertentes. Mesmo quando achamos uma pesquisa fútil ou desnecessaria, não significa que não tenha um proposito maior. Exemplo da PESQUISA SOBRE OS CANHOTOS. LOGICAMENTE existem exceções e Barak Obama se enquadra nela. A pesquisa e séria e analisou nada menos que 10 mil crianças, 3 tipos de testes realizdos por cada uma, alem dos testes de QI de cada uma. E chegaram as conclusões chegadas, informação inutil?? Não, estavam em busca de estabelecer a capacidade de aprendizado e ensino de crianças e adolecentes, afim de descobrir metodos e maneiras mais eficazes e PERSONALIZADOS para o encino. Talvez seja por isso que a Englaterra ocupe a 7ª posição no rankin mundial da educação. E pela razão INVERSA -- ou seja falta de pesquisas-- nos ocupamos a vergonhosa 72ª posição. Dados, UNICEF, IBGE, UNESCO, MEC.
Ao qual ela comenta assim:
ruth de aquino | RJ / Rio de Janeiro | 25/03/2009 19:06
CARO THIAGO de Brasília
Respeito, claro, sua opinião, Thiago, embora você tenha sido demasiadamente severo e até raivoso... Mas, por favor, não escreva "encino"...O nome do presidente americano também está errado, mas isso é natural. Rankin também não se escreve assim. Afim também não se escreve junto. Você deveria estar distraído, não? Ou chateado, talvez? Se ocupamos a 72a posição em pesquisas científicas, isso nada tem a ver com as pesquisas engraçadinhas que eu citei como parte do folclore criticado até na comunidade científica. Nosso problema educacional é muito maior, e vem do ensino fundamental. O ensino de Português, por exemplo, é muito falho, não acha?
Aqui ela tergiversa. Não fala da questão estatística - da média admitindo variação, de modo que um único caso fora não a invalida. E diz: "Se ocupamos a 72a posição em pesquisas científicas, isso nada tem a ver com as pesquisas engraçadinhas que eu citei..." Ela nem ao menos leu direito o que leitor escreveu. A 72a posição que ele comenta não é de "pesquisas científicas", mas de "ranking de educação". E o leitor mostra examente como um dos estudos criticados (a respeito dos canhotos) pela Sra. Aquino tem a ver com isso: "busca de estabelecer a capacidade de aprendizado e ensino de crianças e adolecentes, afim de descobrir métodos e maneiras mais eficazes e personalizados para o ensino".

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails