SOS - ESPÍRITO SANTO

Como ajudar as vítimas da enchente no Espírito Santo.

quinta-feira, 26 de março de 2009

Ruth de Aquino responde 9

Antes, um comentário do leitor:
Osame Kinouchi | SP / Ribeirão Preto | 26/03/2009 11:15
Uma pauta para Ruth
Vou passar aqui uma pauta para Ruth: se ela quiser criticar de verdade a inutilidade da produção científica, ela deveria comentar com os leitores sobre a porcentagem de papers que nunca recebem citação alguma. eve estar por volta de 10% ou mais. Entretanto, cuidado. Falta de citações também não é demérito, pois podem ocorrer devido a vários fatores: 1. Era um trabalho novo mas preliminar, e uma versão mais completa foi publicada posteriormente. Cita-se a versão mais completa. 2. O trabalho é bom, mas é publicado em uma época em que os pesquisadores da área estão migrando para outros assuntos. 3. O trabalho é cientificamente bom, mas foi publicado por alguma circusntancia em uma revista com baixo status. 4. O trabalho é tão original que demora um certo tempo para a comunidade absorvê-lo. São os papers chamados de "Belas Adormecidas", que só despertam muitos anos depois. 5. O trabalho é bom, mas um outro na mesma linha é melhor. Escolhe-se o segundo para citar. 6. O trabalho é bom, mas a rede social de amigos do cientista é pequena (ele é timido, não aparece em congressos, não divulga etc). Acaba ficando sem citações. Eu tenho vários trabalhos que não receberam nenhuma citação (OK, compensados pelas 400 citações que já recebi pelos outros!). Mas eu me orgulho deles, em todos acredito existirem idéias originais, mas fatores como os descritos acima os deixaram com citação zero. E como eu também não costumo me autocitar muito, isto contribui para o fato.
Agora a resposta:
ruth de aquino | RJ / Rio de Janeiro | 26/03/2009 11:35
BELA PAUTA, OSAME
Mas é pauta para reportagem, não para coluna. Eu adorei esse apelido de "Bela Adormecida" - os papers que só despertam num momento futuro. Está anotada sua contribuição. Grata,
Educada, mas tergiversou - não foi ao ponto da questão. Osame diz: "se [...] quiser criticar de verdade a inutilidade da produção científica", o que implica que a crítica da Sra. Aquino não foi válida. Porém, não sejamos tão severos, é aceitável que ela não tenha se entretido com esse aspecto.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails