PESQUISA

Participe da votação sobre os melhores canais de divulgação científica em português na internet.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Belo e estranho mundo

Kentaro Mori no Ceticismo Aberto já destrinchou a triste história da preguiça depelada tomada por ET.

Uma outra foto que correu o mundo é de uma cobra achada na cidade chinesa de Suining. Muita especulação sobre a perna que aparece em seu corpo. A alegação inicial é de que seria uma cobra mutante com uma perna só.

A perna, no entanto, destoa. Se fosse um caso de atavismo, esperaria que a perna tivesse uma orientação correta - mas ela parece apontar para o lado errado, além disso a posição não parece correta - a julgar por fósseis e o gancho sexual de jibóias, pernas atávicas deveriam surgir perto do ânus. O padrão da coloração, embora parecido, não bate muito bem. (Em sendo atavismo, talvez o mais normal fosse esperar duas pernas e não apenas uma, embora uma combinação com má-formação congênita pudesse explicar a unilateralidade.)

Eu chutaria que o pobre animal teve um rompimento lateral e a perna de sua última refeição ficou exposta. Ou melhor dizendo, o braço. Eu chutaria que é o braço de um sapo - sapos e anfíbios modernos com patas em geral possuem quatro dedos nos membros frontais e sem garras - talvez (especulando na especulação) um parente do sapo cururu (Bufo spp.). O posicionamento parece bater com uma presa engolida pela cabeça: como é de hábito das cobras. O corpo está mais expandido um pouco à frente e um pouco atrás de onde sai a perna/braço, sugerindo a presença de um objeto em seu interior: o restante da presa.

A cobra tem pouco mais de 40 cm, o que daria um sapo de cerca de 10 cm - uma estimativa bem grosseira: talvez algo entre 6-15 cm.

Não seria o primeiro registro de uma cobra que se rompe após uma refeição. Uma píton abandonada no Everglades engoliu um aligátor, mas acabou "explodindo".

Upideite (24/set/2009): Mori comenta o caso. Na opinião dele, o animal engolido pela cobra seria um pequeno crocodilo, não um sapo - o corpo seria comprido demais para um sapo. Pode ser: se a perna tiver mesmo garra como saiu em algumas reproduções da notícia, então pode mesmo não ser um sapo (embora haja sapos com garras, não são muitas as espécies conhecidas). Se for um crocodilo, deve haver um quinto dedo na pata. O aligátor chinês (Alligator sinensis) tem uma distribuição que pode ser não tão longe dali (longe em termos chineses, pelo menos): há uma cidade de Suining fica na província de Jiangsu, e o aligátor chinês é encontrado na província vizinha de Anhui. (Embora haja uma outra Suining na província de Sichuan e uma terceira em Hunan - ambas, um tanto mais distante. Mas como as notícias falam em sudoeste da China, é mais provável que seja de Sichuan. Upideite (24/set/2009): Segundo a ABC, é mesmo em Sichuan.) Mori lembra ainda que os casos de cobras com pernas vestigiais não são incomuns, mas os membros são, em geral, pouco desenvolvidos. Se for um filhote de A. sinensis é acrescentado um tom um pouco mais triste à nota, já que se trata de uma espécie ameaçada de extinção (não sei quão comum é a cobra morta). Aqui uma imagem de filhotes do crocodiliano. Eles possuem algo em torno de 20 a 30 cm de comprimento ao eclodirem.

Upideite (28/set/2009): Uma segunda foto da cobra.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails