PESQUISA

Participe da votação sobre os melhores canais de divulgação científica em português na internet.

domingo, 13 de maio de 2012

Padecendo no paraíso 2

ResearchBlogging.orgA matrifagia é o consumo da fêmea pela própria prole - uma espécie de complexo de Édipo elevado a um googol. É um comportamento descrito em artrópodos: algumas espécies de aranhas, de pseudoescorpiões e de tesourinhas.

Na aranha (sub-)social, Amaurobius ferox, Kim e cols. 2000 notaram que os filhotes que praticavam a matrifagia atingiam, em média, uma massa corporal maior do que a da prole impedida de realizar o comportamento, mesmo com presas em quantidade suficiente. Indivíduos matrífagos, além disso, apresentavam um desenvolvimento mais acelerado, com mudas mais precoces; um período social mais longo; maior sobrevivência pós-dispersão e maior sucesso na captura de presas grandes. Ok, para os filhotes parece ser um bom negócio. Mas, e Maria, como fica?

Os pesquisadores separaram algumas fêmeas logo antes da ocorrência da matrifagia. Elas foram capazes de produzir uma nova ninhada, aumentando inicialmente seu sucesso reprodutivo em 33%. Porém, no fim das contas, comparando-se a sobrevivência dos filhotes, as fêmeas que foram devoradas por suas crias tiveram um sucesso reprodutivo maior do que as que escaparam da morte e puderam ter uma segunda ninhada.

A mamãe A. ferox, naturalmente antes de ser devorada viva, provê outros cuidados parentais às suas crias. Ela fornece ovos tróficos que, consumidos pelos filhotes, fornecem nutrientes extras. (Kim & Roland 2000.)

Aqui um vídeo feito pela BBC do comportamento canibal dos filhotes de A. ferox.

Certamente tal sistema é vantajoso do ponto de vista seletivo apenas em casos particulares; do contrário, seria de se esperar uma distribuição mais ampla da matrifagia.

Referências
Kim, K., Roland, C., & Horel, A. (2000). Functional Value of Matriphagy in the Spider Amaurobius ferox Ethology, 106 (8), 729-742 DOI: 10.1046/j.1439-0310.2000.00585.x
Kim K.W. & Roland C. (2000). Trophic egg laying in the spider, Amaurobius ferox: mother-offspring interactions and functional value. Behavioural processes, 50 (1), 31-42 PMID: 10925034

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails